domingo, 12 de agosto de 2012

Feliz dia dos pais!


Hoje eu desejo,
especialmente para o meu pai
que cuida de mim desde pequenininha
e faz tudo por mim,
um FELIZ DIA DOS PAIS!!!

Que possamos comemorar esta data
por muito e muito tempo!
\o/

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Quem é?


 Dormi no sofá depois do almoço e, por volta de umas três da tarde, acordei com a campainha tocando.
 Ainda estava meio desorientada, com os cabelos arrepiados e uma carinha que não negava que eu tinha acabado de acordar. Fui até o portão e perguntei: 

- Quem é?
- É o IBGE.
...
- Você sabe dizer se tem alguém que mora na casa do lado?
- Não! Mas acho que a casa do lado da casa do lado sabe dizer se tem alguém que mora na casa do lado.

 O IBGE riu. Eu ri também. Ele agradeceu e seguiu seu caminho. E eu voltei para dentro de casa pensando em dormir de novo.
=]

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Namorinho s2

Especialmente para Filipe Barros...

Namorinho

Das coisas boa que a gente tem pra fazer
na vida, uma das mais queridas é NAMORAR.
Namoro mesmo. Estilo moda antiga. Coisa
bonita, abrigo de um romantismo que não
sai de moda jamais:

Flores miúdas colhidas de algum jardim
no meio de um passeio de fim de tarde,
mãos que se descobrem universo entre
palavras e silêncios amorosos,
um sorriso, dois sorrisos, mil sorrisos,
e aquela sensação única de que a vida
vale à pena por tanto, mas sobretanto
para se viver um momento assim.


From: http://www.mariafilo.com.br/blog/

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Unhas 001



Aêêê! 
Finalmente voltei a pintar minhas unhas.
E fui logo usando a minha cor preferida: azul.
Pintei de forma alternada: azul celeste, azul marinho, azul celeste, azul marinho...
E aí, ficou legal?
;)

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Tixinha


Tixinha

 Encontrei, certa vez, um pequeno ser na parede do meu quarto.
 Os dias se passaram e o ser continuou pequeno. Fez do meu quarto sua moradia. Explorava os quatro cantos, sempre testando novas possibilidades: lugares cada vez mais altos, ou cada vez mais baixos. Outro dia encontrei a criaturinha perto do banheiro. Levei um susto! - pensei que fosse uma barata -
 E por dividirmos assim o mesmo ambiente, achei melhor dar-lhe um nome mais conveniente. - era melhor do que ficar chamando de lagartixa - Então foi nomeada Tixinha, a lagartixinha que vive em meu quarto.
 Tudo ia muito bem, eu até já havia tirado fotos e filmado Tixinha. Só que quarta-feira, quando estava conversando com Filipe eu ouvi um barulho...
PÁÁÁ!
 Alguma coisa havia caído no chão. Era Tixinha! Ela estava andando pelo teto, se despregou de alguma maneira e acabou caindo no chão. Eu e Filipe ficamos morrendo de pena dela. A bichinha! E foi cair logo de uma altura tão alta.
 Depois da queda Tixinha ficou um tempão parada. Pensei até que tivesse morrido... Ela agora anda com dificuldade, não sobe mais as paredes (explora o chão) e hoje percebi que está sem uma de suas mãozinhas. Apesar de tudo Tixinha está melhorando. ^^ Deixei um inseto semi-morto e dei para ela comer. Ela pegou o inseto como se estivesse caçando. Esticou a cabeça rapidamente e engoliu o bicho. Fiquei só observando interessada. ^^
 É isso! =D